A Netskope foi nomeada Líder no Quadrante Mágico do Gartner™ de 2022 para Security Service Edge. Obtenha o Relatório

  • Plataforma

    Visibilidade incomparável e proteção de dados e contra ameaças em tempo real na maior nuvem privada de segurança do mundo.

  • Produtos

    Os produtos Netskope são construídos na Netskope Security Cloud.

A Netskope oferece uma pilha de segurança na nuvem moderna, com capacidade unificada para proteção de dados e ameaças, além de acesso privado seguro.

Explore a nossa plataforma
Birds eye view metropolitan city

Netskope é nomeada Líder no Relatório do Quadrante Mágico™ do Gartner de 2022 para SSE

Obtenha o Relatório Vá para a plataforma
Netskope gartner mq 2022 sse leader

Mude para serviços de segurança na nuvem líderes de mercado com latência mínima e alta confiabilidade.

Saiba mais
Lighted highway through mountainside switchbacks

Previna ameaças que muitas vezes contornam outras soluções de segurança usando uma estrutura SSE de passagem única.

Saiba mais
Lighting storm over metropolitan area

Soluções de zero trust para a implementação de SSE e SASE

Saiba mais
Boat driving through open sea

A Netskope permite uma jornada segura, inteligente e rápida para a adoção de serviços em nuvem, aplicações e infraestrutura de nuvem pública.

Saiba mais
Wind turbines along cliffside
  • Customer Success

    Proteja a sua jornada de transformação digital e aproveite ao máximo as suas aplicações na nuvem, na web e privadas.

  • Atendimento ao cliente

    Suporte proativo e o compromisso em otimizar seu ambiente da Netskope e acelerar seu sucesso.

  • Treinamento e certificação

    Os treinamentos da Netskope vão ajudar você a ser um especialista em segurança na nuvem.

Confie na Netskope para ajudar você a enfrentar ameaças emergentes, novos riscos, mudanças tecnológicas, mudanças organizacionais e de rede, e novos requisitos regulatórios.

Saiba mais
Woman smiling with glasses looking out window

Contamos com engenheiros qualificados no mundo todo, com experiências variadas em segurança na nuvem, redes, virtualização, entrega de conteúdo e desenvolvimento de software, prontos para prestar assistência técnica oportuna e de alta qualidade.

Saiba mais
Bearded man wearing headset working on computer

Proteja sua jornada de transformação digital e aproveite ao máximo seus aplicativos de nuvem, web e privados com o treinamento da Netskope.

Saiba mais
Group of young professionals working
  • Recursos

    Saiba mais sobre como a Netskope pode ajudá-lo a proteger sua jornada para a nuvem.

  • Blog

    Saiba como a Netskope viabiliza a segurança e a transformação de redes através do security service edge (SSE).

  • Eventos e workshops

    Esteja atualizado sobre as últimas tendências de segurança e conecte-se com seus pares.

  • Security Defined

    Tudo o que você precisa saber em nossa enciclopédia de segurança cibernética.

Podcast Security Visionaries

Episódio bônus: a importância do Security Service Edge (SSE)

Reproduzir o podcast
Black man sitting in conference meeting

Leia as últimas novidades sobre como a Netskope pode viabilizar a jornada Zero Trust e SASE por meio dos recursos do security service edge (SSE).

Leia o Blog
Sunrise and cloudy sky

Eventos de palestras da Netskope CSO

Conheça a equipe Netskope CSO em um de nossos próximos eventos.

Encontrar um evento
Netskope CSO Team

O que é o Security Service Edge?

Explore o lado de segurança de SASE, o futuro da rede e proteção na nuvem.

Saiba mais
Four-way roundabout
  • Empresa

    Ajudamos você a antecipar os desafios da nuvem, dos dados e da segurança da rede.

  • Por que Netskope

    A transformação da nuvem e o trabalho em qualquer lugar mudaram a forma como a segurança precisa funcionar.

  • Liderança

    Nossa equipe de liderança está fortemente comprometida em fazer tudo o que for preciso para tornar nossos clientes bem-sucedidos.

  • Parceiros

    Fazemos parceria com líderes de segurança para ajudá-lo a proteger sua jornada para a nuvem.

A Netskope possibilita o futuro do trabalho.

Saiba mais
Curvy road through wooded area

A Netskope está redefinindo a nuvem, os dados e a segurança da rede para ajudar as organizações a aplicar os princípios de Zero Trust para proteger os dados.

Saiba mais
Switchback road atop a cliffside

Pensadores, construtores, sonhadores, inovadores. Juntos, fornecemos soluções de segurança na nuvem de última geração para ajudar nossos clientes a proteger seus dados e seu pessoal.

Meet our team
Group of hikers scaling a snowy mountain

A estratégia de comercialização da Netskope, focada em Parcerias, permite que nossos Parceiros maximizem seu crescimento e lucratividade enquanto transformam a segurança corporativa.

Saiba mais
Group of diverse young professionals smiling
Blog Uncategorized Why Measuring Cloud Workloads Underestimates Cloud Data
Mar 15 2016

Why Measuring Cloud Workloads Underestimates Cloud Data

I always have a chuckle when I hear folks refer to “workloads” in the cloud as a proxy for how much corporate data they believe are in the cloud. They are thinking of the cloud as a place where teams can host their software and have enough compute and storage resources available when they need it. It is that. But that segment of cloud is dwarfed by cloud apps, where corporate data are proliferating exponentially.

A little more than a year ago, we partnered with the Ponemon Institute to measure the increase in probability of a cloud data breach, and the expected economic impact of such a breach. The research was based on a survey, and one of the questions we asked IT and security leaders was how much of their business data they estimate is “in the cloud” (purposely leaving that question vague). The answer was 30 percent. That was higher than I expected them to estimate, but far lower than what I believe the number really is. I also believe that 30 percent figure has little to do with workloads in the cloud.

To me, workloads are akin to apps. But here’s why the amount of data you have in the cloud dwarfs the data in a workload: Think about how many times you create a business document to visualize, manipulate, calculate, and convey data. You might download a dataset from your CRM (whether in the cloud or on-premises) and then create a spreadsheet (or two, or three, or ten) to perform business analysis. You save the original and the offshoot spreadsheets in Box. You might also make some PowerPoint slides from the analysis to present at your next executive staff meeting, and you send the presentation to key participants for feedback. Your head of sales takes your PowerPoint and creates one of her own, makes some changes, saves the revision to Google Drive, and shares the deck with her global sales leaders who save copies in OneDrive. One of those sales leaders downloads the deck from Google Drive, re-uses some of the slides in a wholly different deck meant for partners and uploads the deck to Dropbox, then shares it externally with partners. Before you know it, business data from your single dataset just made their way into dozens of different files across at least four different clouds, including outside of the company.

And that’s just the first twenty minutes.

This is why when we estimate how much of our data are in the cloud, looking at workloads isn’t the right measure. The more realistic and relevant way to think about it is how data get downloaded, edited, shared, synced, uploaded, and…