Netskope é nomeada líder no Quadrante Mágico do Gartner® de 2024 para Security Service Edge. Obtenha o Relatório

fechar
fechar
  • Por que Netskope chevron

    Mudando a forma como a rede e a segurança trabalham juntas.

  • Nossos clientes chevron

    A Netskope atende a mais de 3.000 clientes em todo o mundo, incluindo mais de 25 das empresas da Fortune 100

  • Nossos parceiros chevron

    Fazemos parceria com líderes de segurança para ajudá-lo a proteger sua jornada para a nuvem.

Ainda mais alto em execução.
Ainda mais longe na visão.

Saiba por que o 2024 Gartner® Magic Quadrant™ nomeou a Netskope como líder em Security Service Edge pelo terceiro ano consecutivo.

Obtenha o Relatório
A Netskope foi nomeada líder no Quadrante Mágico do Gartner de 2024®™ para o gráfico Security Service Edge para menu
Ajudamos nossos clientes a estarem prontos para tudo

Veja nossos clientes
Woman smiling with glasses looking out window
A estratégia de comercialização da Netskope, focada em Parcerias, permite que nossos Parceiros maximizem seu crescimento e lucratividade enquanto transformam a segurança corporativa.

Saiba mais sobre os parceiros da Netskope
Group of diverse young professionals smiling
Sua Rede do Amanhã

Planeje seu caminho rumo a uma rede mais rápida, segura e resiliente projetada para os aplicativos e usuários aos quais você oferece suporte.

Receba o whitepaper
Sua Rede do Amanhã
Apresentando a plataforma Netskope One

O Netskope One é uma plataforma nativa da nuvem que oferece serviços convergentes de segurança e rede para permitir sua transformação SASE e zero trust.

Saiba mais sobre o Netskope One
Abstrato com iluminação azul
Adote uma arquitetura Secure Access Service Edge (SASE)

O Netskope NewEdge é a maior nuvem privada de segurança de alto desempenho do mundo e oferece aos clientes cobertura de serviço, desempenho e resiliência inigualáveis.

Conheça a NewEdge
NewEdge
Netskope Cloud Exchange

O Cloud Exchange (CE) da Netskope oferece aos clientes ferramentas de integração poderosas para tirar proveito dos investimentos em estratégias de segurança.

Saiba mais sobre o Cloud Exchange
Vídeo da Netskope
A plataforma do futuro é a Netskope

Intelligent Security Service Edge (SSE), Cloud Access Security Broker (CASB), Cloud Firewall, Next Generation Secure Web Gateway (SWG) e Private Access for ZTNA integrados nativamente em uma única solução para ajudar todas as empresas em sua jornada para o Secure Access Service Arquitetura de borda (SASE).

Vá para a plataforma
Vídeo da Netskope
Next Gen SASE Branch é híbrida — conectada, segura e automatizada

Netskope Next Gen SASE Branch converge o Context-Aware SASE Fabric, Zero-Trust Hybrid Security e SkopeAI-Powered Cloud Orchestrator em uma oferta de nuvem unificada, inaugurando uma experiência de filial totalmente modernizada para empresas sem fronteiras.

Saiba mais sobre Next Gen SASE Branch
Pessoas no escritório de espaço aberto
Desenvolvendo uma Arquitetura SASE para Leigos

Obtenha sua cópia gratuita do único guia de planejamento SASE que você realmente precisará.

Baixe o eBook
Mude para serviços de segurança na nuvem líderes de mercado com latência mínima e alta confiabilidade.

Conheça a NewEdge
Lighted highway through mountainside switchbacks
Permita com segurança o uso de aplicativos generativos de IA com controle de acesso a aplicativos, treinamento de usuários em tempo real e a melhor proteção de dados da categoria.

Saiba como protegemos o uso de IA generativa
Ative com segurança o ChatGPT e a IA generativa
Soluções de zero trust para a implementação de SSE e SASE

Conheça o Zero Trust
Boat driving through open sea
Netskope obtém alta autorização do FedRAMP

Escolha o Netskope GovCloud para acelerar a transformação de sua agência.

Saiba mais sobre o Netskope GovCloud
Netskope GovCloud
  • Recursos chevron

    Saiba mais sobre como a Netskope pode ajudá-lo a proteger sua jornada para a nuvem.

  • Blog chevron

    Saiba como a Netskope permite a transformação da segurança e da rede por meio do SSE (Security Service Edge)

  • Eventos e workshops chevron

    Esteja atualizado sobre as últimas tendências de segurança e conecte-se com seus pares.

  • Security Defined chevron

    Tudo o que você precisa saber em nossa enciclopédia de segurança cibernética.

Podcast Security Visionaries

On Patents, Trolls, and Innovation
In this episode host Emily Wearmouth chats with Suzanne Oliver, an intellectual property expert, and Krishna Narayanaswamy, co-founder and CTO of Netskope, about the world of patents.

Reproduzir o podcast
On Patents, Trolls, and Innovation
Últimos blogs

Leia como a Netskope pode viabilizar a jornada Zero Trust e SASE por meio de recursos de borda de serviço de segurança (SSE).

Leia o Blog
Sunrise and cloudy sky
SASE Week 2023: Sua jornada SASE começa agora!

Replay das sessões da quarta SASE Week anual.

Explorar sessões
SASE Week 2023
O que é o Security Service Edge?

Explore o lado de segurança de SASE, o futuro da rede e proteção na nuvem.

Saiba mais sobre o Security Service Edge
Four-way roundabout
  • Empresa chevron

    Ajudamos você a antecipar os desafios da nuvem, dos dados e da segurança da rede.

  • Liderança chevron

    Nossa equipe de liderança está fortemente comprometida em fazer tudo o que for preciso para tornar nossos clientes bem-sucedidos.

  • Customer Solutions chevron

    Estamos aqui junto com você a cada passo da sua trajetória, assegurando seu sucesso com a Netskope.

  • Treinamento e certificação chevron

    Os treinamentos da Netskope vão ajudar você a ser um especialista em segurança na nuvem.

Apoiando a sustentabilidade por meio da segurança de dados

A Netskope tem o orgulho de participar da Visão 2045: uma iniciativa destinada a aumentar a conscientização sobre o papel da indústria privada na sustentabilidade.

Saiba mais
Apoiando a sustentabilidade por meio da segurança de dados
Pensadores, construtores, sonhadores, inovadores. Juntos, fornecemos soluções de segurança na nuvem de última geração para ajudar nossos clientes a proteger seus dados e seu pessoal.

Conheça nossa equipe
Group of hikers scaling a snowy mountain
A talentosa e experiente equipe de Serviços Profissionais da Netskope fornece uma abordagem prescritiva para sua implementação bem sucedida.

Conheça os Serviços Profissionais
Netskope Professional Services
Proteja sua jornada de transformação digital e aproveite ao máximo seus aplicativos de nuvem, web e privados com o treinamento da Netskope.

Saiba mais sobre Treinamentos e Certificações
Group of young professionals working

Desmistificando: Por que mudar de VPN para ZTNA não precisa ser um trabalho pesado

10 de janeiro de 2023

Ao longo dos últimos anos, muitas organizações introduziram uma solução de zero trust network access (ZTNA) nos negócios e começaram a ver os benefícios disso. Mas muitas outras adiaram esse processo por causa do trabalho que a transição para um modelo de acesso baseado em zero trust e a integração técnica associada a ela exigem. Neste blog, vou desvendar os aspectos que devem ser considerados e compartilhar alguns insights sobre como as organizações podem começar sua mudança para a ZTNA agora e fazer uma transição completa ao longo do tempo, ao desmascarar alguns dos mitos comuns que ouço falar a respeito do assunto. 

Muitas das questões relacionadas à VPN fazem sentido, sejam elas sobre criptografia e autenticação, inadequação de sua premissa original à forma híbrida que trabalhamos hoje e, é claro, a segurança de conexões remotas. 

E o ZTNA procura resolver cada um desses problemas, usando uma camada da nuvem para intermediar conexões entre usuários e aplicações. Porém, a conectividade confiável e rápida com as aplicações continua sendo um problema para as organizações. Um relatório recente da Cisco afirma que 51% delas teve problemas para conectar os funcionários aos recursos da empresa nos últimos 18 meses.

Conectar as pessoas às aplicações não deve ser uma tarefa difícil e os cinco mitos abaixo são as razões que comumente ouço de organizações que ainda não adotaram a abordagem ZTNA.

Mito 1: Ainda não senti necessidade de criar uma política baseada em zero trust 

Este mito pode ser dividido em duas partes: ou você não entendeu direito o cenário geral em que a aplicação está inserida, ou não entendeu direito como funcionam grupos de usuários e permissão de acesso.

Ambos podem ser resolvidos com uma migração bem estruturada e um planejamento prévio para identificar os principais casos de uso e dados mais valiosos do negócio. Processos que podem ser facilitados quando aliados à outras inciativas, como migração para nuvem. A questão relacionada a aplicações também pode ser resolvida por ferramentas de descoberta integradas em soluções ZTNA e SSE. 

E por fim, vale lembrar que migração de usuários sempre acontecerá por estágios durante a implementação de uma solução ZTNA, o que permitirá a construção de políticas de acesso corretas ao longo do tempo. Deve-se começar por aplicações e usuários de alto risco para obter ganhos rápidos, construir políticas de acesso baseadas em zero trust para ambos e migrar serviços ao longo do tempo, desenvolvendo uma política abrangente baseada em zero trust para sustentar o ZTNA.  

Mito 2 - Implementar zero trust e ZTNA soa como fechar um grande negócio

Apesar de entender por que este mito existe, é importante lembrar que zero trust e ZTNA não são a mesma coisa – e há um jeito bem simples de comprovar isso. Zero trust é um conceito e pode ser traduzido em uma estratégia de segurança - algo que permite a você remover sistematicamente a confiança implícita. ZTNA é um mecanismo, uma tecnologia usada para implementar um modelo de segurança baseado em zero trust para acesso remoto às aplicações. Dito isto, ZTNA é um grande primeiro passo que muitas empresas dão para iniciar sua jornada zero trust sem que seja necessário gastar muitos recursos.

Mito 3: ZTNA adicionará mais um client ao meu endpoint

É verdade que muitas soluções ZTNA têm um client a mais para gerenciar conexões, além de executar verificações de postura e fornecer integração com fornecedores de autenticação. O ZTNA também pode ser fornecido através de conexões baseadas em um navegador da web, o que, embora resolva a questão "Não estamos incluindo outro client ao endpoint", não permite muitos dos benefícios que a implantação da tecnologia traz. A abordagem da Netskope é única no mercado, fornecendo uma única instância para todos os aspectos de acesso seguro à arquitetura SASE. Uma instância que não só fornece acesso remoto, mas também direciona o tráfego de aplicações web e na nuvem, inspeciona o conteúdo, facilita o DLP do endpoint e fornece treinamento e feedback ao usuário final. 

Esta é uma razão pela qual as organizações devem sempre considerar seus planos a longo prazo para SASE. Se o ZTNA for o primeiro passo em sua jornada SASE, é preciso certificar-se de que a plataforma escolhida forneça todas as capacidades necessárias para uma oferta SASE unificada no futuro.

Mito 4: ZTNA é apenas um substituto da VPN

Apesar de ZTNA substituir a VPN em muitos casos de uso, o projeto inicial de adoção dessa tecnologia dentro de muitas organizações é impulsionado pela necessidade de fornecer ao contratante e a terceiros acesso a aplicações internas. 

Essas iniciativas de acesso são muitas vezes completamente separadas das iniciativas de acesso remoto para funcionários, e são os casos perfeitos para primeira utilização de ZTNA, onde o mesmo nível de confiança implícita não pode ser aplicado ao dispositivo ou usuário que se conecta à aplicação ou à rede. 

Outro caso de uso comum de ZTNA é para o suporte a fusões e aquisições, já que elas permitem o provisionamento muito rápido e o escalonamento que VPNs tradicionais não conseguem, especialmente em um mundo mais híbrido, onde a maioria dos concentradores de VPN estão funcionando em próxima a capacidade máxima. 

Mito 5: VPN e ZTNA não podem correr lado a lado

Para meu mito final, gostaria de abordar um ponto de discussão comum. Muitas organizações precisam manter a capacidade limitada da VPN em execução para aplicações legadas e ainda acreditam que podem mantê-la disponível para todos os usuários.

Este pensamento não leva em conta um dos principais motivos para a implantação da ZTNA: o fornecimento de controle de políticas granulares, incluindo políticas de reconhecimento de conteúdo para acesso a aplicações. Soluções ZTNA reduzem o risco, não apenas de acesso direto não autorizado ou de ações suspeitas, mas também de movimento lateral. 

Muitas organizações executam VPN e ZTNA lado a lado, fazendo mudanças nas políticas de acesso e roteamento VPN após a implementação do ZTNA, para reduzir o risco associado ao comprometimento da VPN. Com o tempo, à medida que as organizações concluem seus projetos de transformação digital, eliminam aplicações legadas e soluções VoiP, elas podem desativar inteiramente sua VPN. 

 Rodar VPN e ZTNA ao mesmo tempo também ajuda a destacar uma solução para alguns dos problemas mais comuns com VPN atualmente relacionados ao desempenho, rede/conectividade e custo do tráfego em um data center. A migração de tráfego de VPN para ZTNA e para uma plataforma SASE ou SSE mais ampla resolve esses dois problemas, reduzindo, em última análise, os custos gerais. 

Para mais informações sobre alguns dos pontos abordados neste blog, leia nosso Guia Prático para o ZTNA.  

author image
Richard Davis
Richard Davis é diretor de estratégia de soluções da Netskope.

Stay informed!

Subscribe for the latest from the Netskope Blog