Netskope é nomeada líder no Quadrante Mágico do Gartner® de 2024 para Security Service Edge. Obtenha o Relatório

fechar
fechar
  • Por que Netskope chevron

    Mudando a forma como a rede e a segurança trabalham juntas.

  • Nossos clientes chevron

    A Netskope atende a mais de 3.000 clientes em todo o mundo, incluindo mais de 25 das empresas da Fortune 100

  • Nossos parceiros chevron

    Fazemos parceria com líderes de segurança para ajudá-lo a proteger sua jornada para a nuvem.

Ainda mais alto em execução.
Ainda mais longe na visão.

Saiba por que o 2024 Gartner® Magic Quadrant™ nomeou a Netskope como líder em Security Service Edge pelo terceiro ano consecutivo.

Obtenha o Relatório
A Netskope foi nomeada líder no Quadrante Mágico do Gartner de 2024®™ para o gráfico Security Service Edge para menu
Ajudamos nossos clientes a estarem prontos para tudo

Veja nossos clientes
Woman smiling with glasses looking out window
A estratégia de comercialização da Netskope, focada em Parcerias, permite que nossos Parceiros maximizem seu crescimento e lucratividade enquanto transformam a segurança corporativa.

Saiba mais sobre os parceiros da Netskope
Group of diverse young professionals smiling
Sua Rede do Amanhã

Planeje seu caminho rumo a uma rede mais rápida, segura e resiliente projetada para os aplicativos e usuários aos quais você oferece suporte.

Receba o whitepaper
Sua Rede do Amanhã
Apresentando a plataforma Netskope One

O Netskope One é uma plataforma nativa da nuvem que oferece serviços convergentes de segurança e rede para permitir sua transformação SASE e zero trust.

Saiba mais sobre o Netskope One
Abstrato com iluminação azul
Adote uma arquitetura Secure Access Service Edge (SASE)

O Netskope NewEdge é a maior nuvem privada de segurança de alto desempenho do mundo e oferece aos clientes cobertura de serviço, desempenho e resiliência inigualáveis.

Conheça a NewEdge
NewEdge
Netskope Cloud Exchange

O Cloud Exchange (CE) da Netskope oferece aos clientes ferramentas de integração poderosas para tirar proveito dos investimentos em estratégias de segurança.

Saiba mais sobre o Cloud Exchange
Vídeo da Netskope
A plataforma do futuro é a Netskope

Intelligent Security Service Edge (SSE), Cloud Access Security Broker (CASB), Cloud Firewall, Next Generation Secure Web Gateway (SWG) e Private Access for ZTNA integrados nativamente em uma única solução para ajudar todas as empresas em sua jornada para o Secure Access Service Arquitetura de borda (SASE).

Vá para a plataforma
Vídeo da Netskope
Next Gen SASE Branch é híbrida — conectada, segura e automatizada

Netskope Next Gen SASE Branch converge o Context-Aware SASE Fabric, Zero-Trust Hybrid Security e SkopeAI-Powered Cloud Orchestrator em uma oferta de nuvem unificada, inaugurando uma experiência de filial totalmente modernizada para empresas sem fronteiras.

Saiba mais sobre Next Gen SASE Branch
Pessoas no escritório de espaço aberto
Desenvolvendo uma Arquitetura SASE para Leigos

Obtenha sua cópia gratuita do único guia de planejamento SASE que você realmente precisará.

Baixe o eBook
Mude para serviços de segurança na nuvem líderes de mercado com latência mínima e alta confiabilidade.

Conheça a NewEdge
Lighted highway through mountainside switchbacks
Permita com segurança o uso de aplicativos generativos de IA com controle de acesso a aplicativos, treinamento de usuários em tempo real e a melhor proteção de dados da categoria.

Saiba como protegemos o uso de IA generativa
Ative com segurança o ChatGPT e a IA generativa
Soluções de zero trust para a implementação de SSE e SASE

Conheça o Zero Trust
Boat driving through open sea
Netskope obtém alta autorização do FedRAMP

Escolha o Netskope GovCloud para acelerar a transformação de sua agência.

Saiba mais sobre o Netskope GovCloud
Netskope GovCloud
  • Recursos chevron

    Saiba mais sobre como a Netskope pode ajudá-lo a proteger sua jornada para a nuvem.

  • Blog chevron

    Saiba como a Netskope permite a transformação da segurança e da rede por meio do SSE (Security Service Edge)

  • Eventos e workshops chevron

    Esteja atualizado sobre as últimas tendências de segurança e conecte-se com seus pares.

  • Security Defined chevron

    Tudo o que você precisa saber em nossa enciclopédia de segurança cibernética.

Podcast Security Visionaries

A interseção entre confiança zero e segurança nacional
On the latest episode of Security Visionaries, co-hosts Max Havey and Emily Wearmouth sit down for a conversation with guest Chase Cunningham (AKA Dr. Zero Trust) about zero trust and national security.

Reproduzir o podcast
A interseção entre confiança zero e segurança nacional
Últimos blogs

Leia como a Netskope pode viabilizar a jornada Zero Trust e SASE por meio de recursos de borda de serviço de segurança (SSE).

Leia o Blog
Sunrise and cloudy sky
SASE Week 2023: Sua jornada SASE começa agora!

Replay das sessões da quarta SASE Week anual.

Explorar sessões
SASE Week 2023
O que é SASE?

Saiba mais sobre a futura convergência de ferramentas de redes e segurança no modelo predominante e atual de negócios na nuvem.

Saiba mais sobre a SASE
  • Empresa chevron

    Ajudamos você a antecipar os desafios da nuvem, dos dados e da segurança da rede.

  • Liderança chevron

    Nossa equipe de liderança está fortemente comprometida em fazer tudo o que for preciso para tornar nossos clientes bem-sucedidos.

  • Customer Solutions chevron

    Estamos aqui junto com você a cada passo da sua trajetória, assegurando seu sucesso com a Netskope.

  • Treinamento e certificação chevron

    Os treinamentos da Netskope vão ajudar você a ser um especialista em segurança na nuvem.

Apoiando a sustentabilidade por meio da segurança de dados

A Netskope tem o orgulho de participar da Visão 2045: uma iniciativa destinada a aumentar a conscientização sobre o papel da indústria privada na sustentabilidade.

Saiba mais
Apoiando a sustentabilidade por meio da segurança de dados
Pensadores, construtores, sonhadores, inovadores. Juntos, fornecemos soluções de segurança na nuvem de última geração para ajudar nossos clientes a proteger seus dados e seu pessoal.

Conheça nossa equipe
Group of hikers scaling a snowy mountain
A talentosa e experiente equipe de Serviços Profissionais da Netskope fornece uma abordagem prescritiva para sua implementação bem sucedida.

Conheça os Serviços Profissionais
Netskope Professional Services
Proteja sua jornada de transformação digital e aproveite ao máximo seus aplicativos de nuvem, web e privados com o treinamento da Netskope.

Saiba mais sobre Treinamentos e Certificações
Group of young professionals working

The Fab Five: Five Policies You Can Enforce if You Differentiate Between App Instances

Oct 20 2015
Tags
Cloud Best Practices
Cloud Security
Tools and Tips

A couple of weeks ago, my colleague Livius Feinbaum, one of our senior systems engineers in New York, wrote a blog entitled “Telling the Difference Makes a Difference With Cloud App Instances” (if you haven’t checked it out, do). In our marketing materials and conversations with prospects, we’ve started emphasizing the idea of differentiating between cloud app instances in cloud access security broker (CASB) tools, but not enough in my opinion. As a reminder, differentiating between cloud app instances means you (or more importantly, your cloud security tools) can tell whether an instance of an app is the corporate-sanctioned or someone’s personal instance.

 

As our customers embrace and, indeed, make cloud services a strategic advantage for their businesses, when it comes to governing and securing those services, they are maturing and realizing how important it is to differentiate between cloud app instances. The reason this is important is because I’ve heard other CASB vendors say “Sanction one app and block the rest at your perimeter.” That sounds beautifully simple if you don’t think about it. But if you DO think about it, the conclusion you’ll come to is that the corporate and personal versions of Box, Dropbox, Google Apps, Evernote, and so on – basically any app that has a personal and corporate version – are not created equal and not used equally. Why on earth would you want to set a one-size-fits-all policy (especially one that is a binary “allow” or “block,” which, by the way, is so yesteryear) on an app like that?

 

Rather than tell you how important I or Netskope customers think this is, the best way to convince you is through examples. Here are the fabulous five – five real-world examples sourced from our customers of meaningful policies they’ve been able to enforce when they can differentiate between app instances.

 

  1. Monitor corporate Box but don’t monitor personal instances
    Many organizations want to monitor activity and data within their corporate-sanctioned instance of an app while respecting the privacy of its individual users.
  2. Monitor corporate Dropbox and only audit activity in personal instances in the case of a suspected event
    Similar to the first policy, some organizations prefer not to monitor personal apps on an ongoing basis unless there’s a suspected event. One of our customers did this only when the organization suspected an employee stole proprietary content. Indeed the employee did, and through that review, the company was able to easily reconstruct the audit trail, prove wrongdoing, and even recover the stolen documents.
  3. Allow upload of sensitive corporate data to corporate Google Drive but not personal instances
    Many organizations like to get more granular in their policies and specify activity (e.g., “upload,” “download to mobile,” “share outside the company,” etc.) as well as data (e.g., DLP profile = “confidential – source code” or DLP fingerprint = “prospect mortgage application”), for corporate versus personal app instances.
  4. Allow sharing outside of the company from a personal instance of Evernote, but not the corporate instance
    Why would an organization care whether a user shares the Little League roster or a babysitter’s “to-do” list outside of the company? Increasingly, people work from home and “home from work.” Organizations that recognize this want to enable people to do the latter and not exert their sharing policies on those personal apps. Yet, they need to adhere to corporate policies for corporate data, and telling the difference makes them effective at doing both.
  5. eDiscover, classify, and secure content in corporate Box but not personal instances
    One of the biggest value propositions of CASB is the ability not just to detect sensitive data en route to or from the cloud, but also within cloud apps. Organizations want to find and secure their sensitive data in corporate-sanctioned apps but don’t not touch people’s personal ones. Differentiating between the two lets them do that.

 

Now you have five critical examples illustrating why it’s important to differentiate between corporate and personal apps.

 

Are there policies you set that rely on differentiating between instances that aren’t mentioned here? Please share them!

Stay informed!

Subscribe for the latest from the Netskope Blog